O misterioso caso da anã marrom desaparecida - Universidade Ufo Brasileira

ULTIMAS

A Universidade ufo Brasil é um site responsável em orientar As Pessoas os casos ufologicos e misterios

ANUNCIOS

sexta-feira, 13 de março de 2015

Universidade Ufo Brasileira , O misterioso caso da anã marrom desaparecida , Astronomia ,
O misterioso caso da anã marrom desaparecida 4 5 1

O misterioso caso da anã marrom desaparecida

anã marrom desaparecida

 Qual é a explicação para esse estranho fenômeno?


Instrumento SPHERE do ESO
Instrumento SPHERE montado no VLT.
Créditos: ESO
   O Very Large Telescope do Observatório Europeu do Sul (ESO) conta com um novo instrumento chamado SPHERE, que foi utilizado na busca de uma anã marrom que estava em órbita de uma estrela dupla incomum, a V471 Tauri.

   O instrumento SPHERE pôde registrar uma visão sem precedentes da região onde a anã marrom se encontrava... mas o que intrigou os cientistas é que a anã marrom simplesmente desapareceu!

   A ausência da anã marrom significa que a nossa compreensão sobre o comportamento estranho de V471 Tauri está errada? O resultado inesperado foi descrito no primeiro artigo científico baseado em observações do SPHERE.

Entendo V471 Tauri


   Algumas estrelas binárias são constituídas por duas estrelas normais com massas diferentes, e quando a estrela mais massiva envelhece e se expande, dando origem a uma gigante vermelha, parte de seu material é transferido para a outra, e um enorme envelope gasoso envolve ambas as estrelas. Quando essa nuvem se dispersa, as estrelas ficam mais próximas e formam um par onde uma se torna uma anã branca.

Um zoom na estrela binária V471 Tauri






   V471 Tauri é um par desse tipo, e se encontra dentro do aglomerado estelar das Híades, na constelação de Touro. Acredita-se que V471 tenha cerca de 600 milhões de anos, e se encontre a aproximadamente 163 anos-luz da Terra. As duas estrelas se orbitam a cada 12 horas, e quando vistas da Terra, elas passam uma na frente da outra, formando um eclipse estelar, o que causa variações em seu brilho.


O mistério da anã marrom


   Uma equipe de astrônomos liderada por Adam Hardy, da Universidade de Valparaíso, no Chile, usou o sistema ULTRACAM do ESO para medir essas variações de brilho, e eles perceberam que elas não eram regulares, o que indicava a presença de um corpo em seu entorno, que posteriormente foi justificado com a existência de uma anã marrom.

   Agora, com o poder do instrumento SPHERE, os cientistas tiveram a oportunidade de observar o local exato dessa anã marrom, mas para a surpresa de todos, ela não estava lá. Não foi um erro do SPHERE, afinal, suas imagens de altíssima definição combinadas com seu poder de aumento incrível seriam mais que suficientes para revelar o objeto em questão... mas nada foi encontrado!

   Se não existe nenhum objeto orbitando essa estrela, então o que está provocando essas estranhas variações na órbita do sistema binário? Várias hipóteses foram criadas, e a maioria descartada... cientistas acreditam ainda na possibilidade dessas variações ocorrerem por conta de uma alteração no campo magnético da estrela maior, algo parecido com o que acontece com o Sol, mas até agora, não há evidências suficientes para comprovar essa teoria.

localização da estrela binária V471 Tauri
Círculo vermelho mostra a localização da estrela binária V471 Tauri,
na constelação de Touro.
Créditos: ESO / UAI / SkyandTelescope
   O que está causando essa grande interferência na órbita dessas estrelas? Até agora, não se sabe ao certo o que aconteceu, e se você ficou confuso com essa matéria, imagine então os pesquisadores e cientistas envolvidos?! Com certeza, esse assunto vai deixar, ou melhor, já deixou muita gente de cabeça quente...







Postar um comentário
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial