Cristovão Colombo - Sereias, Monstros & Avistamento de OVNIs Rumo à América - Universidade Ufo Brasileira

ULTIMAS

A Universidade ufo Brasil é um site responsável em orientar As Pessoas os casos ufologicos e misterios

ANUNCIOS

quarta-feira, 10 de junho de 2015

Universidade Ufo Brasileira , Cristovão Colombo - Sereias, Monstros & Avistamento de OVNIs Rumo à América , Avistamentos , Mistérios ,
Cristovão Colombo - Sereias, Monstros & Avistamento de OVNIs Rumo à América 4 5 1

Cristovão Colombo - Sereias, Monstros & Avistamento de OVNIs Rumo à América


sereias existem

Muito pesquisadores duvidam mas os registros dos avistamentos de estranhas luzes no céu aparecem duas vezes no Diário de Bordo de Cristovão Colombo.

OVNIS NA HISTÓRIA. O assunto é debatido há alguns anos mas só recentemente, (entre 2011 e 2012) alguns historiadores começam a admitir que Cristovão Colombo e sua tripulação, em sua viagem de descoberta do Novo Mundo, pode ter  sido testemunha de dois avistamentos de OVNIs. Os eventos foram registrados no diário de bordo do navegante, que encontra-se preservado em um museu da Espanha.

sereias existem
As páginas do Diário com o registro dos avistamentos.

Em 15 de setembro de 1942, Colombo está escrito: Navegou aquele dia e noite pouco mais de 27 léguas rumo ao Ocidente. No início da noite ele viu ele viu um maravilhoso buquê de de fogo caindo no mar, distante deles [dos tripulantes, na embarcação, a caravela Santa Maria] cerca de 4 ou 5 léguas.

Quase um mês depois, na quinta-feira 11 de ouitubro (1492), momentos antes de Colombo avistar Terra pela primeira vez, novamente, às 10 da noite, estando no Castelo da popa, viu novamente as luzes. Então, chamou Pedro Gutierrez, mordomo do rei para observar o fenômeno.

Surpreso, Colombo registrou no diário: Foi uma ou duas vezes. Era como a chama de uma vela e subia, subia, o que me pareceu ser uma indicação de terra.

Enquanto para alguns, a "chama de vela" era um fogo no chão, para outros, como o pesquisador Juan José Benitez, essa possibilidade não faz sentido, considerando a distância a que foi observada - há 14,5 léguas ou pouco mais de 80 quilômetros , longe demais para distinguir uma fogueira em terra firme. 

Por isso muitos especialistas têm admitido que Cristovão Colombo avistou OVNIs no fim de sua busca pela América (ou caminho ocidental para as "Índias") - sem jamais ter-se dado conta da verdade extraterrestre diante de seus olhos.

SEREIAS
sereias existem

Mas não foram só luzes estranhas que Colombo e seus companheiros de viagem avistaram em sua aventura oceânica. Em 09 de janeiro de 1493, já retornando à Europa, estando nas águas próximas ao Haiti, escreveu no Diário:

Ontem, [08/01/1493] - quando o Almirante foi parao Rio de Oro, disse que viu três sereias que vinham do alto mar. Mas não eram bonitas como nas pinturas. Seus rostos eram de homens. Ele [o Almirante] disse que já tinha visto [aquelas criaturas]algumas vezes, naGuiné, nacostade Manegueta...

Evidentemente, os cientistas, historiadores, não dão nenhum encaram a esse relato como um fato. As supostas sereias seriam peixes-boi que os navegantes identificavam como seres aquáticos humanóides pelo simples fato de jamais terem visto aqueles animais.

Naquela época, de exploração dos Oceanos, os navegantes não eram intrépidos e corajosos apenas porque sabiam que estavam se lançando em um terrítório grandioso de águas desconhecidas. Em suas mentes, havia toda uma cultura de lendas sobre seres monstruosos que habitavam no além dos mares já mapeados. 

Colombo e sua tripulação, que antes de pisarem na América passaram pelas ilhas do Caribe, tiveram contato com nativos das tribos locais. A estes, perguntavam sobre esses mitólogicos seres. 

A comunicação era difícil por conta da estranheza mútua da linguagens e, em meio aos esforços de entendimento, aqueles nativos falavam que, longe dali, haviam de homens com um olho só [ciclopes] e outros com cabeças de animais. Falaram dos canibais, estes sim, bem reais, selvagens que alimentavam-se de carne humana. 

O Diário registra, em 26 de novembro 1492: Todas as pessoas que encontramos até agora dizem que têm enorme temor do canibais ou canima, que vivem nesta ilha de Bohío. Por isso, estes nativos [índios, escreve o navegador, chamava-os Colombo,bem como até hoje na língua inglesa, acreditando serem habitantes do leste da Índia - e não indianos, como em portuguêsraramente afastam-se da costa temendo estes vizinhos, aosquais temem e que dizem ter somente um olho e cara de cão.

FONTE: En el viaje a América, Colón tuvo un contacto con OVNIs.
INFONEWS, publicado em 05/10/2012.
[http://www.infonews.com/2012/10/05/sociedad-41741-en-el-viaje-a-america-colon-tuvo-un-contacto-con-ovnis.php]

Los Avistamientos de Cristobal Colón.
VENTANA BLOG, pulicado em 11/10/20122.
[http://anotherfoolinthehill.blogspot.com.br/2011/10/los-avistamientos-de-cristobal-colon.html]
Postar um comentário
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial