Caso do Grande Ovni no Alasca - Universidade Ufo Brasileira

ULTIMAS

A Universidade ufo Brasil é um site responsável em orientar As Pessoas os casos ufologicos e misterios

ANUNCIOS

segunda-feira, 4 de abril de 2016

Universidade Ufo Brasileira , Caso do Grande Ovni no Alasca , Avistamentos , Noticias , Relatos ,
Caso do Grande Ovni no Alasca 4 5 1

Caso do Grande Ovni no Alasca

Isso pode ser considerado um dos melhores casos de no registro. Em 1986, mais precisamente em novembro, uma equipe japonesa viajando em Alaska (Estados Unidos) em um jato jumbo, disse que viu três objetos voadores não identificados.
Esta observação gerou uma forte atenção internacional quando a Federal Aviation Administration (FAA) anunciou que iria formalmente investigar este incidente porque o Centro de Controle de Tráfego em Anchorage, Alaska, havia informado que o OVNI poderiam ser detectado no radar. Capitão Terauchi após este fato apareceu em inúmeros programas de rádio e televisão. Poucos meses depois destes acontecimentos, e sendo que testemunharam sobre este avistamento foi demitido de sua posição como capitão, apesar de sua grande experiência. Mas, felizmente, ele foi autorizado a retornar ao seu posto alguns anos mais tarde. UFOs que falamos, neste caso, foram monitorados pelo radar terra e no céu, também acompanhado dos testemunhos de pilotos experientes e confirmado pelo chefe de divisão da FAA.

ovnis gigantes 1

Vamos olhar um pouco mais neste caso. Visto que o capitão Kenju Terauchi, o primeiro oficial Takanori Tamefuji eo engenheiro de vôo Yoshio Tsukuda, duas pequenas luzes e uma enorme objeto iluminado foram apanhados em seu radar por mais de meia hora, disse. Eles viu voou 550 quilômetros ao sul de Alaska de Yukon para Anchorage.
Capitão Terauchi, um veterano com 29 anos de experiência disse: "Foi uma ou duas vezes maior do que um porta-aviões." Ele pediu permissão da FAA para mudar de altitude para identificar corretamente esses objetos voadores estavam seguindo. Ele disse que os objetos se moveu rapidamente e parou de repente. Uma vez parado, uma luz ainda mais forte foi sobre o objeto maior tão fortemente que o capitão disse que ele quase podia sentir o calor no rosto. Ele disse que tinha estado a observar o OVNI por cerca de 6 minutos antes de avisar ninguém, o que tornaria o avistamento terá início às 18:13.
A FAA no início confirmou as alegações de que vários de seus radarescontroladores 747 rastreados tráfego e objetos grandes, como os radares da Força Aérea dos EUA. Mais tarde, as verdades deste fato tentou cobrir, atribuindo este fenómeno às condições meteorológicas. No final, no entanto, um porta-voz da FAA disse: "Estamos aceitando as descrições da tripulação, mas são incapazes de suportar o que viram."

Fonte: ufologiacba
Postar um comentário
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial