Extraterrestres apareceram para crianças no Zimbabwe - Universidade Ufo Brasileira

ULTIMAS

A Universidade ufo Brasil é um site responsável em orientar As Pessoas os casos ufologicos e misterios

ANUNCIOS

sábado, 5 de novembro de 2016

Universidade Ufo Brasileira , Extraterrestres apareceram para crianças no Zimbabwe , Mistérios , Relatos ,
Extraterrestres apareceram para crianças no Zimbabwe 4 5 1

Extraterrestres apareceram para crianças no Zimbabwe

Extraterrestres apareceram para crianças no Zimbabwe

Em uma sexta-feira de setembro, aproximadamente as 10:15, 62 crianças de uma escola privada  da cidade de Ruwa no Zimbabwe. As crianças estavam brincando durante o recreio no metade da manhã. e de de repente  eles viram três bolas de cor prateada no céu encima da escola.
Após as crianças verem, os óvnis sumiram com sinal de luz cintilante e logo reapareceram em outro lugar.
Estes sinais aconteceram três vezes e logo começaram a descer até a escola e uma delas aterrizou ou permaneceu suspensa no ar num lugar cheio de árvores e árbutos cheio de espinhos e de bambus.
As crianças podiam ir a este lugar, era perto do campo que eles brincavam, o lugar era todo aberto, e cheio de cobras e aranhas, e de outros criaturas perigosas.

Qualquer pessoa pode desaparecer da vista ao andar neste lugar, e o solo há um caminho dificil usado pelos tratores ao tentar limpar o lugar.
Há uma linha de postes de energia, e por informações de uma das crianças, o objeto sobrevoou ao longo desta linha antes de aterrizar.

Extraterrestres apareceram para crianças no Zimbabwe

Também há uma certe controversia enquanto se o óvni aterrizou no solo ou se manteve emcima do chão. Na terça feira 20 de setembro foram a escola com um repórter da BBC e sua equipe de televisão, assim como meu filho e Gunter Hofer, o jovem que construiu sua própria equipe de eletrcidade, um cortador Geiger, e um detectador de metais, para tratar se o objeto havia deixado algum rastro no solo.

O diretor da escola, o Sr. Colin Macki, que foi muito cooperativo e apesar que nunca havia estado visto os óvnis o que fora um crente nas crianças, porque as crianças lhe contaram tudo o que viram.

Tive aportunidade de entrevistar  a uns 10 ou 12 crianças dos mas grandes  e este foi gravado para a televisão da BBC. Uma testemunha, Barry D, disse que havia visto três objetos voando, com luzes vermelhas. Desapareceram e reapareceram quase de imediato, mas em outro lugar e este ocorreu outra três vezes.

Então, eles se juntaram e aterrizaram entre si. Barry disse que o principal objeto era do tamanho de unha de seu polegar. As informações foram iguais apesar que algumas crianças estavam mais atentos que os outros. O Consenso das opinião era que o objeto aterrizou no lugar indicado, a uns 100 metros de onde estavam o patio da escola.



Então, um homem pequeno aproximadamente de 1 metro de altura apareceu na parte superior do objeto e caminhou um pouco pelo hostil solo, se deu conta que as crianças estavam vendo ele e desapareceu.

Algum muito parecido com ele apareceu de repente na parte posterior do objeto. O objeto subiu rapidamente e desapareceu. O pequeno Homem estava vestido com um traje negro bem ajustado, era de um cor brilhante de acordo o testemnunho de uma menina de 11 anos de idade.

Tinha um pescoço longo e grande e olhos grande como bolas de rugby, e seu rosto era de cor pálida e seu cabelo era de cor preta, chegando até os ombros.


A sugeri Ao Sr. Mackie, antes de visitar a escola e antes que as crianças foram entrevistadas, que deixaram que as crianças dissessem o que eles viram, alguns dos quais são muitos explicitos e claros, ainda que alguns são mais vagos. As idades das crianças eram de 5 a 12 anos.

Tenho fotocopias dos desenhos mas claros que o Sr. Mackie nos permitiu folhear, e entre las fotos das descrições são iguais, mas algumas das naves são obviamente "pratos voadores" e me pergunto quantos dessas crianças teria acesso aos meios de comunicação. Outros são rudimento, mas ou menos na forma de um prato.

Os ninhos variam em cultura, são negros, brancos, e asiáticos. e uma menina me disse: " Juro por cada pelo da minha cabeça e a bíblia toda que estou dizendo a verdade".



Pude ver o prazer em sua cara quando disse que eu acreditava em tudo.

Os mas pequenos de 5 a 7 anos se assustaram muito no momento e correram gritando pedindo ajuda.

 Eu diria que estes se aplica as crianças negros africanos que conhecem lendas dos Tokoloshies estavam em reunião e no sairam.
Quando lhe perguntei ao diretor sobre isto, disse que as crianças sempre gritavam durante suas brincadeiras  e ninguém pensavam que algo passava.
O único adulto disponível  no momento era  uma das mães que trabalhavam na loja de doces.
Quando as crianças chegaram a chamar, ela não acreditaram e não saiu, ela não estava disposta e deixar a comida e o dinheiro da loja.

Gunter e os homem examiram o solo perto de onde as crianças haviam visto o tal objeto, mas não poderão  contar anda as equipes.
Se o objeto voava, talvez nada se manifestaria, caminhei uma boa distancia, fechada de arbustos espinhosos, andando pertos de várias cobras e o tempo estava com 33 graus.

ENTREVISTA COM AS CRIANÇAS

O Dr. Jonh Mack visitou o Zimbabwe no momento do evento, e passou dois dias na  escola com as crianças. Também falou com o diretor, Colin Mackie, os pressores e alguns dos pais convencidos que não acreditavam nas crianças, o Dr.  pediu para escutar as crianças e ouvir o que eles estavam falando, aconselhou o Dr. O interesse particular na psiquiatria infantil foi de grande ajuda durante os interrogatórios e muitas lembranças oculta eles lembraram.
Postar um comentário
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial