A profecia de São Malaquias e o Papa Francisco sendo o último Papa - Universidade Ufo Brasileira
Universidade Ufo Brasileira , A profecia de São Malaquias e o Papa Francisco sendo o último Papa , Profecias ,
A profecia de São Malaquias e o Papa Francisco sendo o último Papa
4/ 5 stars - "A profecia de São Malaquias e o Papa Francisco sendo o último Papa" As profecia de São Malaquias e o Papa Francisco sendo o último Papa Neste vídeo está falando sobre a profecia de São Malaquias, a ...

A profecia de São Malaquias e o Papa Francisco sendo o último Papa

As profecia de São Malaquias e o Papa Francisco sendo o último Papa

a profecia de são malaquias e o papa francisco

Neste vídeo está falando sobre a profecia de São Malaquias, a profecia seria sobre os Papas e os Antipapas. Também discute como o Antipapa “Francisco” concorda com a profecia de São Malaquias sobre o “Pedro Romano”.
Umas das profecias mais conhecidas das histórias católicas é a profecia dos Papas e Antipapas que se atribuem a São Malaquias. 
São Malaquias foi um bispo católico nascido na Irlanda em 1094. Ele morreu na presença de seu bom amigo, São Bernardo, em 1148. São Bernardo disse que São Malaquias predisse o dia e a hora de sua própria morte. 
São Malaquias foi canonizado em 1190, e uma leitura de sua festa diz que ele tinha o Dom da profecia.

“ A Enciclopédia Católica em 1913, com o título de “Profecia”, disse que São Malaquias foi chamado para ir a Roma em 1139 pelo Papa Inocêncio II. Quando estava em Roma, é relatado que São Malaquias experimentou uma visão sobre o futuro dos Papas até a segunda vinda de Jesus Cristo.
São Malaquias escreveu 112 breves frases em latim que descrevia sobre todos os Papas, dando títulos aos Papas como aos Antipapas. Dizem que este documento foi guardado nos arquivos secretos do Vaticano e não foi visto até 1556 quando foi descoberto por um bibliotecário do Vaticano. O documento foi publicado pela primeira vez 39 anos mais tarde em 1595 pelo historiador Arnoldo de Wion, um livro titulado como “Arvore da Vida”, uma tradução de Alfonso Chacón, um conhecido estudioso dos manuscristos medievais. Chacón foi encarregado de autenticar o documento e assegurar-se de que não se tratava de uma falsificação. Depois de examinar o documento, Chacón verificou novamente e teve a conclusão que era autentico.

a profecia de são malaquias é real
Livro: Livro Arvoré da Vida São Malaquias Profecias
Foi Deus que mostrou a São Malaquias, os diferentes homens que, no futuro se apresentarão como os líderes da Igreja Católica, não necessariamente o revelou a São Malaquias se esses futuros pretendentes ao papado eram bons o mal; e não revelou se eram papas ou não. A São Malaquias simplesmente o mostrou a homens que, até o final da história humana, se apresentariam antes ao mundo como líderes da Igreja Católica. Ainda, como a humanidade mudou, mas e mais perto do fim do mundo, Deus quis que as pessoas, nos últimos dias tivesse alguma ideia do que estava perto para a chegada de Jesus Cristo. 
As descrições sobre a vida dos papas nas profecias são com muita clareza, mostram os escudos das armas familiares que cada papa teria, o lugar do nascimento ou o lugar a cidade em que iriam viver durante sua vida. São Malaquias descreveu os principais personagens ou acontecimentos sobre os reinados de alguns dos papas.
Como foi mencionado, as profecias de São Malaquias foram publicadas pela primeira vez em 1595. Existe uma controvérsia sobre as predições de São Malaquias só esteve disponível ao público pela primeira vez em 1595, as predições referentes às profecias são de antes de 1595, não constituem uma prova de autenticidade. Ainda alguns acreditam que, dado a profecia de São Malaquias não se fez publica até cem anos depois da primeira vez que foi conhecida, existe dúvidas sobre a profecia. 
  Por enquanto, uma boa resposta a esta objeção pode ser encontrada ao considerar um manuscrito bíblico muito importante chamado Codex Vaticanus. Este livro é considerado como a cópia mais antiga de uma Bíblia quase completa. Ela foi produzida originalmente no final de século quarto, mais sua origem é incerta por mais de 1000 anos, até que foi identificada na biblioteca do vaticano no século XV.
Pelo tanto, o Codex Vaticanus, é igual ao documento de São Malaquias, foi descoberto no Vaticano, depois de ter sido estado perdido por um período de tempo extremamente longo. Por enquanto, os eruditos bíblicos só aceitam o Codex Vaticanus como autêntico a pesar de seu paradeiro incerto por mais de mil anos depois que o original foi escrito.
Foi um período muito mais longo do que estava perdido o documento o de Malaquias. Por isso existe uma controvérsia sobre as profecias de São Malaquias antes de 1595, não vamos considerar um exemplo de suas predições que se ferem aos papas.


Ex Castro Tiberis        
  Do Castelo do Tibre
   
2 Inimicus Expulsus   
 Inimigos Expulsos
De Magnitudine Montis 
 Procedente de Montemagno
Abbas Suburranus 
 O Abade de Suburra
De Ruro Albo  
 De um Campo Branco
6 Ex Tetro Carcere  
 De um Horrível Cárcere
Via Transtiberina     
 Via Mais Além do Tibre
De Pannonia Tusciae  
 Da Hungria a Toscana
9 Ex Ansere Custode   
 Da Guarda do Ganso
10 Lux in Ostio 
 A Luz em Óstia
11 Sus in Cribro              
 O Porco na  Peneira
12 Ensis Laurentii       
 A Espada  de Lourenço
13 De Scholia Exiet 
 Saído de  Scola(ri)
14 De Rure Bovensi   
 Do Campo dos Bois
15 Comes Signatus 
 O Conde de Segni
16 Canonicus Ex Latere  
 Canônico do Ladrilho
17 Avis Ostiensis  
 A Ave de Óstia
18 Leo Sabinus
 O Leão Sabino
19 Comes Laurentius   
 O Conde de (São) Lourenço
20 Signum Ostiense   
 O Signo (Sinal) de Óstia
21 Jerusalem Campaniae
Jerusalém Campânia
22 Draco Depressus     
 O Dragão Arruinado
23 Anguineus Vir
 O Homem da Serpente
24 Concionator Gallus      
 O Pregador Francês
25 Bonus Comes    
 O Bom Conde
26 Piscator Tuscus     
 O Pescador Toscano
27 Rosa Composita 
 A Rosa Dissimulada
28 Ex Telonio Liliacei Martini   
 Do Tesoureiro de Martinho dos Lírios
29 Ex Rosa Leonina  
 Da Rosa Leonina
30 Picus Inter Escas   
  O Pica-pau Entre os Alimentos
31 Eremo Celsus  
  Elevado da Solidão
32 Ex Undarum Benedictione
  Das Ondas do Benedito
33 Concionator Patareus      
  O Pregador de Patara
34 De Faciis Aquitanicis 
  Das Faixas da Aquitânia
35 De Sutore Osseo  
  Do Sapateiro de Ossa
36 Corvus Schismaticus     
  O Corvo Cismático
37 Abbas Frigidus      
  A Abade Frio
38 Ex Rosa Atrebatensi 
  Da Rosa de Arras
39 De Montibus Pammachii   
  O Lutador dos Montes
40 Gallus Vicecomes    
  O Visconde Francês
41 Novus de Virgine Forti  
  Forte da Virgem Nova
   
 42 De Cruce Apostolica 
  Da Cruz dos Apóstolos
 43 Luna Cosmedina 
 A Lua  Cosmedina
   
 44 Schisma Barcinonum
 O Cisma de Barcelona
 45 De Inferno Praegnani   
  Do Inferno de Pregnani
 46 Cubus Mixtione   
 Cubo Sujeito à Mesclagem
 47 De Miliore Sidere   
 De uma Estrela Melhor
 48 Nauta de Pontenigro
  Marinheiro do Mar Negro
 49 Flagellum Solis     
 O Flagelo do Sol
 50 Cervus Sirenae 
 O Cervo de Nápoles
 51 Corona Veli Aurei            
 A Coroa do Véu de Ouro
 52 Lupa Caelestina
 A Loba Celestina
 53 Amator Crucis  
 O Amante da Cruz
 54 De Modicitate Lunae  
 Da Pequenez da Lua
 55 Bos Pascens       
 O Boi que Pasta
 56 De Capra et Albergo
 De Cabra e Albergue
   
 57 De Cervo et Leone
 Do Cervo e do Leão
nbsp;58 Piscator Minorita  
 O Pescador Menor
 59 Praecursor Siciliae 
 O Precursor da Sicília
     
 60 Bos Albanus in Portu   
td>
 Boi de Álbano no Porto
   
 61 De Parvo Homine     
  Do Homem Pequeno
 62 Fructus Jovis Juvabit
 O Fruto de Júpiter Comprazerá
   
 63 De Craticula Politiana
 A Grelha de Politiano
 64 Leo Florentius
 O Leão de Florenz (Florença)
nbsp;65 Flos Pilae Aegrae
 A Flor das colunas Vacilantes
 66 Hyacinthus Medicorum     
 O Jacinto dos Médicos 
 67 De Corona Montana 
/td>
 Da Coroa do Monte
 68 Frumentum Floccidum   
 O Trigo Insignificante
 69 De Fide Petri                
 Da Fé de Pedro
 70 Aesculapii Pharmacum 
 O Remédio de Esculápio
 71 Angelus Nemorosus     
 O Anjo de Bosco
 72 Medium Corpus Pilarum  
 O Corpo no Meio das Esferas
 73 Axis in Meditate Signi  
 O Eixo no Meio do Emblema
 74 De Rore Coeli  
 Do Orvalho do Céu
 75 Ex Antiquitate Urbis
 Da Cidade Antiga
 76 Pia Civitas in Bello
  Cidade Piedosa na Guerra
 77 Crux Romulea
  A Cruz dos de Roma
 78 Undosus Vir
  O Homem Agitado
 79 Gens Perversa   
  A Nação Inimiga
 80 In Tribulatione Pacis
 Na Tribulação da Paz
 81 Lilium et Rosa  
  O Lírio e a Rosa
 82 Jucunditas Crucis 
 A Exaltação da Cruz
     
 83 Montium Custus 
  O Guardião dos Montes
   
nbsp;84 Sidus Olorum
  A Estrela dos Cisnes
 85 De Flumine Magno           
  Do Grande Rio
 86 Bellua Insatiabilisbbsp; 
  A Besta Insaciável
 87 Poenitentia Gloriosa    
  A Penitência Gloriosa
 88 Rastrum in Porta
  O Rastelo na Porta
 89 Flores Circumdati
  Flores em Círculo
 90 De Bona Religione   
 De Boa Religião
 91 Miles in Bello 
  O Soldado no Combate
 92 Columna Excelsa   
  A Coluna Elevada
 93 Animal Rurale   &bbsp;    
  O Animal dos Campos
 94 Rosa Umbriae   
  A Rosa das Sombras
 95 Ursus Velox
  O Urso Veloz
 96 Peregrinus Apostolicus 
  O Peregrino Apostólico
 97 Aquila Rapax     
  A Águia Rapace
 98 Canis et Coluber     
  O Cão e a Serpente
 99 Vir Religiosus
  O Varão Religioso
 100 De Balneis Etruriae 
  De Balnes, Etrúria
 101 Crux de Cruce
  A Cruz da Cruz
Pío IX (1846-1878)
 102 Lumen in Caelo  
 A Luz no Céu
Leão XIII (1878-1903). /td>
 103 Ignis Ardens   
 O Fogo Ardente
Pío X (1903-1914).
 104 Religio Depopulata
 A Religião Despovoada
Bento XV (1914-1922).
 105 Fides Intrepida    
 A Fé Intrépida
Pío XI (1922 -1939).
 106 Pastor Angelicus            
 O Pastor Angélico
Pío XII (1939-1958).
 107 Pastor et Nauta
 Pastor e Navegante
João XXIII (1958-1963)
 108 Flos Florum 
 A Flor das Flores
Paulo VI (1963-1978).
 109 De Medietate Lunae 
  Da Meia Lua
João Paulo I (1978).
 110 De Labore Solis   
  Do Trabalho do Sol
João Paulo II.
 111 De Gloria Olivae   
 Da Glória da Oliveira
nbsp;
 112 Petrus Romanus  
       In  psecutione.  extrema S.R.E. sedebit Petrus Romanus qui pascet oves  in  multis tribulationibus: quibus transactis civitas septicollis diruetur, Iudex tremendus iudicabit populum. Finis.
  Pedro Romano
  Na derradeira perseguição da  Santa  Igreja Romana estará sentado (no sólio de Pedro)  Pedro Romano, que apascentará  suas  ovelhas em  meio a  múltiplas tribulações: as quais transcorridas, a cidade das  sete colinas destruída, o Juiz poderoso julgará  o povo.  Fim.

Em 19 de setembro de 1846, a Virgem Maria apareceu a duas crianças em La Sallete, na França e predisse que: "Roma perderá a fé e se converterá na sede do anticristo, a igreja será eclipsada". Nossa senhora predisse que fora de um remanente de católicos que preservarão a verdadeira fé, a maioria das pessoas não verão ou encontrarão o verdadeiro catolicismo, uma das razões será porque a igreja parecerá estar dominada, bloqueada ou eclipsada por algo. Esse algo foi João Paulo II. 

Ele foi o eclipse da Igreja Católica. As predições feitas por Nossa Senhora em Sallete e em Fátima, em relação com o que passaria com a Igreja Católica, estão tratadas em detalhes no video: O Terceiro Segredo de Fátima.



Segundo São Malaquias, o últimos papa da história foi descrito como “Petrus Romanus” O Pedro Romano. São Malaquias disse sobre o ultima na profecia que

Según San Malaquías, el reclamante final al papado en la historia de la humanidad es descrito como “Petrus Romanus” – Pedro el Romano.
San Malaquías dice sobre el último reclamante que: “In persecutione extrema S.R.E. sedebit Petrus Romanus, qui pascet oves in multis tribulationibus: quibus transactis civitas septicollis diruetur, & judex tremendus judicabit populum suum. Finis”.

“ Na última persecução de Santa Igreja Romana, vai se sentar Pedro o Romano, quem alimentara muitos na grande tribulação: e quando essas coisas terminarem, a cidade das setes colinas “Roma” será destruída e o juiz terrível vai julgar a seu povo. Fim”.

Sim, a profecia de São Malaquias é correta, o antipapa Francisco será a última pessoa na história que vai dizer ser o bispo de Roma. Lembre-se que São Malaquias predisse aos papas e antipapas, qualquer que dizer ser o bispo de Roma será o último Papa. A razão pela que São Malaquias o chama de Pedro o Romano é porque São Pedro e São Malaquias chama o último homem que se dizer papa de Roma, pelo mesmo nome final na Sede Romana antes da destruição de Roma, ele o chamará Pedro o Romano.
Outra razão pela qual São Malaquias chama a Francisco o Romano é porque Francisco foi chamado “O bispo de Roma” de uma maneira única. O antipapa Francisco, pelo geral, foi evitado o título de Papa e os demais títulos associados com o Papado. O diretório oficial do Vaticano, lista vários destes diferentes títulos para os papas, mas Francisco, mudou todos menos o único título de “Bispo de Roma”. Ele solicitou especificamente de uma forma um pouco comum, ele está simplesmente atuando como se sua autoridade estivesse limitada localmente a Roma. O feito de suas primeiras palavras depois de sua eleição foi declarado como o dever do conclave foi dar um bispo a Roma. Francisco talvez é único da história a dizer ser o bispo de Roma.


Ele era identificado imediatamente com Roma ou de uma maneira em particular como sendo um romano. “Chamou a atenção a si mesmo como o bispo de Roma em vez de enfatizar seu papel como uma figura de autoridade da Igreja Universal”.

 Também Francisco, foi o primeiro na história que foi firmado seu nobre, o diretório oficial do Vaticano, em italiano em vez de latim. O italiano é o idioma dos romanos modernos (Francisco fala o italiano perfeitamente). A mudança do latim, o idioma da Igreja para todo o mundo. Este é outro exemplo, de como Francisco destaca como um papel como romano local, em vez de universal. Durante uma conferência da imprensa em 25 de novembro de 2014, uma reporte preguntou a Francisco. Queria saber se quando você viaja para Estrasburgo, em seu coração, como sucessor de Pedro, como bispo de Roma, ou como bispo de Buenos Aires.”. Francisco respondeu: “Sou Romano”.

 O interessante é que Francisco elegeu o nome do santo mais conhecido na Itália - São Francisco de Assis. A cidade de Assis fica a duas horas de Roma. Durante sua vida São Francisco foi a Roma, e o segundo nome de São Francisco, era igual a de seu pai, curiosamente era Pedro. 




São Malaquias também disse que Pedro o Romano alimentará as pessoas durante muitas tribulações. É interessante é quando olham para Francisco acreditam que ele não se importa quando algo humilha Jesus ou a fé católica, não obstante ele disse que o importante é alimentar fisicamente as pessoas necessitadas. Na Pagina 129 da edição inglesa de seu livro que foi publicado em 2010, Conversões com Jorge Bergoglio, Francisco disse que o único pecado cometido pela Argentina, é de não fazer caso das pessoas que não tem pão, nem trabalho. Mas ele disse nada ao respeito dos pecados contra Deus e a Fé. 


Se chegasse a ocorrer as tribulações no mundo, nas cuais as pessoas se encontrariam sem comida e outras necessidades, o mais provável é que Francisco vai ao extremo de alimentar a estas pessoas, e por onde, seria o cumprimento do que disse São Malaquias: "Quem alimentará muitos nas tribulações".
Vamos que Francisco, em poucos anos de seu reinado como antipapa, pode ter cumprido esta profecia. Francisco se empenhou em dar de comer e ajudar aos indigentes como ninguém outro papa na história. Ele inclusive declarou que a Capela Sixtina é propriedade dos indigentes, não importando suas crenças religiosas. Estas pessoas literalmente se muda ao vaticano para conseguir ajuda de Francisco.
Os que não são católicos que acredita nas profecias de São Malaquias, mas que não gosta da Igreja Católica Romana, devem considerar profundamente o que disse São Malaquias. Ele refere a "Igreja Romana" - que todo o mundo admite é a Igreja Católica Romana, e el a chama "Santa". Se a igreja Católica Romana dosse uma igreja Falsa, não havia maneira de que São Malaquias a chamar de "Santa", E só Deus poderia falar dada a capacidade a São Malaquias de fazer tais predições muito precisas sobre o futuro. Deus não teria dado tais incríveis predições sobre o futuro eventos a um crente e líder de uma religião falsa.
  
 O que também é mais interessante é que São Malaquias descreve a Roma sendo destruída por um incêndio no final do reinado de Francisco. Se isso está correto, ele encaixa perfeitamente com as profecias do apocalipse acerca de como Babilônia (Roma) será destruída no fim do mundo. Esses temas estão cobertos com mais detalhes no vídeo. Este vídeo contem a informação acerca de como será as profecias finais sobre o papado encaixam na profecia bíblica do fim dos tempos.

SHARE

Universidade Ufo Brasileira

A universidade Ufo Brasileira é um site para noticiar sobre casos ufo e os mistérios do universo..

  • Imagens do dribble
  • Imagens do twitter
  • Imagens do pinterest
  • Image
  • Imagens do instagram
Postar um comentário
dese